Post Type

Ser cristão e poder servir e viver com Deus é um grande privilégio. Deus nos criou para vivermos para a sua glória.

Jesus Cristo veio a terra e se tornou um de nós, para se identificar conosco e pagar o preço da nossa redenção. Após a sua experiência de conversão ao Senhor, o cristão precisa buscar crescer na graça e no conhecimento de seu Senhor e Salvador.

No texto que se encontra no livro do profeta Ezequiel 47:1-5, o Senhor fala conosco, por meio de uma figura de linguagem, sobre o propósito que ele tem de abençoar aqueles que nele creem. Por isso, devemos deixar de lado toda acomodação e buscarmos com interesse a vida cristã abundante, dando os passos decisivos em direção ao nosso crescimento espiritual.

Purificação Pessoal

Em Ezequiel 47:3, o Senhor nos fala: “Mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos”. Lavar os pés na Bíblia tem um significado de purificação.

Precisamos, antes de tudo, de uma purificação pessoal para servirmos ao nosso Deus. Uma pessoa convertida ao cristianismo deve priorizar uma vida de santificação, buscando o perdão de seus pecados e a separação do mundo contaminado, para agradar ao seu redentor.

Oração perseverante

Conforme Ezequiel 47:4, observamos a seguinte frase: ”Mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos”. É um texto que nos leva a refletir sobre a oração.

Devemos priorizar como povo de Deus, uma vida de intensa oração. É o meio da graça divina para alcançarmos as inúmeras bênçãos que o Senhor tem para nos conceder. Necessitamos aprender a ser perseverantes na vida de oração, sem jamais deixarmos de buscar a Deus.

Submissão voluntária

Ainda em Ezequiel 47:4, podemos ler: “Mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos”. Palavra que nos faz pensar acerca da nossa submissão ao Senhor.

Necessitamos nos submeter a Deus para alcançarmos uma vida vitoriosa. Porém, temos a liberdade de voltar atrás e deixar de segui-lo se assim o desejarmos. Há momentos na vida que podemos ir avante ou retroceder. Se prosseguirmos, iremos encontrar o melhor da vida.

Consagração integral

No texto de Ezequiel 47:5, meditamos: ”Mediu ainda outros mil, e era já um rio que eu não podia atravessar, porque as águas tinham crescido”.  Uma referência sobre consagração.

Precisamos assimilar a necessidade que temos de buscar a plenitude espiritual. O nosso Deus quer que sejamos cheios do Espírito Santo e que tenhamos dons e recursos espirituais para desenvolvermos um ministério eficaz e abençoado junto a uma multidão carente e faminta.

Podemos crescer progressivamente como servos de Deus. Devemos procurar ter uma vida pura, de oração, com submissão e consagração diante de Jesus, o nosso Salvador e Senhor.

 

Pr. Advanir Alves Ferreira