Post Type

Vivemos num mundo no qual a maioria das pessoas são egoístas, cruéis, desumanas, ruins e corruptas. Infelizmente, os princípios morais, éticos e religiosos são ignorados em todos os seguimentos da sociedade.

Em razão disso, pessoas que desejam viver honestamente já não acreditam nos poderes constituídos para governarem as nações. A desesperança é muito forte. No entanto, o apóstolo Paulo nos traz uma palavra encorajadora em I Coríntios 12:31 e l3:1-13. Por meio de seu servo, Deus nos revela uma maneira de viver totalmente diferente do mundo. O Senhor nos ensina acerca do verdadeiro amor que devemos vivenciar em todos os nossos relacionamentos aqui na terra. O nosso Deus nos apresenta o caminho sobremodo excelente.

É o caminho do amor imprescindível

Em I Coríntios 13:1-3, o apóstolo deixa claro que o amor é mais importante do que todos os dons espirituais, sacrifícios e poder para realizar milagres. O amor é imprescindível para nós. Não podemos pensar que, pelo fato de exercemos os dons e habilidades dados por Deus, que isso nos tornará pessoas melhores e aprovadas. Precisamos priorizar o verdadeiro amor.

É o caminho do amor altruísta

O verdadeiro amor é desinteressado, I Coríntios 13:4. Este tipo de amor é contrário às nossas inclinações naturais. Não é nada fácil amar sem esperar algo em troca. Este é o amor altruísta. Devemos amar o próximo de uma maneira benigna, sem inveja, rancor e leviandade. O Senhor espera que façamos o bem às pessoas de forma desinteressada e sem nenhuma soberba.

É o caminho do amor sacrificial

É impossível termos esse amor, a menos que o Senhor nos ajude a colocar os nossos próprios desejos naturais de lado, submetendo-nos diariamente à sua vontade, I Coríntios 13:5-6. Necessitamos da graça abençoadora do Senhor para não buscar os nossos interesses e vivenciarmos o amor sacrificial, não se portando com indecência e nem suspeitando mal.

É o caminho do amor incondicional

O amor “tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”, I Coríntios 13:7. Vivendo desse modo nos tornaremos semelhantes ao nosso Redentor e amaremos a todos de forma incondicional. Precisamos amar como Jesus nos amou, entregando a sua vida por nós e sofrendo em nosso lugar o castigo que merecíamos pelos nossos feitos. Vamos amar sem nenhuma condição.

É o caminho do amor infindável

No texto de I Coríntios 13:8-10, o apóstolo Paulo afirma “o amor jamais acaba”. Ele afirma que as profecias desaparecerão, as línguas cessarão e a ciência passará, mas o amor permanecerá. Devemos compreender que o amor é maior do que a fé e a esperança. Portanto, amaremos para todo o sempre. O amor é eterno, é infindável. Aleluia! Amemos sempre e a todos.    Vamos amar de forma imprescindível, altruísta, sacrificial, incondicional e para todo o sempre ao nosso Deus, a nossa família e todos quantos com quem convivemos constantemente.

Pr. Advanir Alves Ferreira